Literatura

INFORMAÇÕES GERAIS

segunda, 19/05/2014, 9:00h
São Paulo, Universidade de São Paulo

FFLCH, CINUSP

[+]

Centenário de Marguerite Duras na USP: 1914-2014

Coloquio internacional na USP

Em homenagem à Marguerite Duras, a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Mackensie, com apoio do Consulado geral da França em São paulo, organizam um grande coloquio internacional sobre a obra e a vida da grande escritora francesa nascida cem anos atraz.

19 a 21 MAIO 2014

Universidade de São Paulo | Universidade Mackenzie

Mostra de Cinema Marguerite Duras

19 a 23 MAIO 2014

CINUSP

Organizado por

Verónica Galíndez-Jorge | Maria Cristina Vianna Kuntz

Maurício Ayer | Gloria Carneiro do Amaral

Programação

12 de maio, segunda-feira

Início da exposição na Biblioteca Florestan Fernandes, com biografias, obras críticas e obras de autoria de Marguerite Duras do acervo

19 de maio, segunda-feira

Local: FFLCH/USP

9h-9h30 – Recepção dos participantes

9h30-10h – Abertura

10h-11h30 – I. Escrita e memória

• Celina MELLO (UFRJ): “Escrever a dor da música”

• Andrea Correa PARAISO (UEPG): “Memória da escrita, memória da leitura”

11h30-11h45 – Café

11h45-12h30 – II. A errância em Duras

• Catherine RODGERS (Swansea/Newcastle, Reino Unido; Société Internationale Marguerite Duras): “A errância na obra de Marguerite Duras”

12h30-14h – Almoço

Local: CINUSP

14h-15h00 – III. Mostra de Cinema M. Duras – sessão 01

• Projeção do documentário Marguerite Telle Qu’en Elle-Même, de Dominique Auvray (legendado em português)

Local: FFLCH/USP

15h00-15h30 – Café

15h30-17h00 – IV. Trajetórias da escrita

• Maria Cristina Vianna KUNTZ (PUC-SP-Cogeae): “Trajetória da mulher, desejo infinito (o ciclo da Índia)”

• Catherine GOTTESMAN (Société Duras): “A voz da memória e do esquecimento na obra de Marguerite Duras”

17h00-17h15 – Pausa

17h15-18h15 – V. Leitura dramática

• Agatha, de Marguerite Duras, com Elisa Fingermann e Paulinho Faria.

20 de maio, terça-feira

Local: FFLCH/USP

9h-10h45 – VI. Escrever a sombra interna

• Julia SIMONE (UFAC): “Marguerite Duras e a escrita da intimidade”

• Dominique FINGERMANN (Contraponto): “Marguerite Duras: desejo e gozo”

• Mara Lucia FAURY (PUC-SP) : “Paixão de uma vida”

10h45-11h00 – Café

11h-12h30 – VII. Duras e a experiência contemporânea

• Jean BESSIÈRE (Univ. Paris III/Sorbonne, França): “Marguerite Duras: os anos 1970 – um tempo de recomposição da obra”

• Maria Luiza Berwanger da SILVA (UFRGS):“Marguerite Duras e a experiência contemporânea”

12h30-14h – Almoço

Local: CINUSP

14h-15h00 – VIII. Mostra de Cinema M. Duras – sessão 02

• Sessão do curta-metragem Les Mains Négatives (legendado em português), de M. Duras, seguido de conferência de Catherine RODGERS.

Local: FFLCH/USP

15h-15h30 – Café

15h30-16h45 – IX. Reescrita e tradução

• Denise BOTTMANN (tradutora de O Amante, Cosac Naify): “Traduzir Duras”

• Gloria Carneiro do AMARAL: “A escrita e a reescrita em OAmante e O Amante da China do Norte

16h45-17h30 – X. A loucura criminal

• Christophe MEURÉE (Un. Louvain, Bélgica, Société Internarionale Marguerite Duras): “A loucura criminal: L’Amante anglaise e o caso Villemin”

Local: Teatro da Aliança Francesa

19h30-20h30 – XI. Teatro

• Agatha, de Marguerite Duras, com Elisa Fingermann e Paulinho Faria.

21 de maio, quarta-feira

Local: CINUSP

14h-16h – XII. Mostra de Cinema M. Duras – sessão 03

• Projeção do longa-metragem Hiroshima, meu amor, de Alain Resnais, com roteiro de Marguerite Duras (legendado em português)

Local: Auditório da Universidade Mackenzie

14h-14h45 – XIII. Personagem midiática

• Christophe MEURÉE (Un. Louvain, Société Duras): “Marguerite Duras, personagem midiática”

14h45-15h – Café

15h-15h45 – XIV. Cinema e política

• Maurício AYER (USP): “O cinema como ato político”

16h-18h – Projeção de India Song, de Marguerite Duras

22 de maio, quinta-feira

Local: CINUSP

14h-16h00 – XV. Mostra de Cinema M. Duras – sessão 04

Projeção de India Song, de M. Duras.

23 de maio, sexta-feira

Local: CINUSP

14h-16h00 – XVI. Mostra de Cinema M. Duras – sessão 05

Projeção de Aurélia Steiner, de M. Duras; Ecrire, documentário de Benoît Jacquôt; Le jeune aviateur anglais, documentário de Jean-Marc Turine (todos legendados em português).

Apoios:

Capes

Consulado Geral da França em São Paulo

Consulado da Bélgica em São Paulo

Société Internationale Marguerite Duras

Cinusp

Aliança Francesa

Comentar | Compartilhar
RELACIONADAS

CIêNCIAS HUMANAS

Os Mil Nomes de Gaia
15/09/2014

LITERATURA

Abdelkader Djemaï
26/04/2014

BIBLIOFRANÇA

Portal do livro francês no Brasil, Serviço de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França

ESCRITÓRIO DO LIVRO

Sediado no Consulado da França no Rio de Janeiro, faz a promoção do livro francês no Brasil e concede apoio aos profissionais do livro e da leitura

BIBLIOTECA

Biblioteca, espaço de leitura, debate e reflexão

21.3974.6669

Av. Presidente Antonio Carlos 58, Centro, RJ – Brasil

[+]